Empresarial Notícias

Qual a importância e o que faz o Gerente Financeiro

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

investimentos milionários homem bolsa

(Shutterstock)

(*) Por Estevão Garcia Alexandre

Leia também:

O cargo de Gerente Financeiro dentro de uma instituição é muito importante, pois os mercados ficam mais globalizados e principalmente mais dinâmicos a cada dia, a instituição precisa ter um profissional focado na área principalmente para a instituição poder crescer, seja de forma orgânica ou por aquisições.

Dentre deste contexto o Gerente Financeiro precisa principalmente ser ético, sempre agir dentro dos princípios éticos da empresa e da legislação vigente. Ser proativo buscar novas soluções e sempre seguir a estratégia que aumentem a eficiência financeira da instituição. Possuir inteligência emocional e ser um líder nato, ou seja, não ser chefe, mas sim um líder, sabendo lidar com todas as diversidades dos trabalhos em equipe em várias equipes diferentes ao mesmo tempo e principalmente saber atender aos interesses dos stakeholders.

Dentro das suas principais atividades estão, o controle financeiro, onde precisa ser controlado o fluxo de caixa de forma bem detalhada, pois o que geralmente coloca as empresas com problemas financeiros é a falta de fluxo de caixa, com isto precisa ser controlado os custos e despesas, juntamente com as margens de lucro, controle de estoque, ajustar sempre o contas a pagar e o contas a receber, neste último, ficar muito atento a análise de crédito dos clientes, no caso de venda a prazo e sempre verificar o índice de liquidez de suas faturas a prazo no geral e por cliente.

O planejamento tributário é extremamente importante principalmente no Brasil, onde possuímos vários tipos de impostos e tributos, que é uma tarefa do Gerente Financeiro em sempre estar verificando, se os impostos estão sendo pagos corretamente e principalmente ficar atento a novas legislações que cabem dentro da instituição aonde trabalha. Cuidar do planejamento financeiro da empresa, ou seja, do Budget que precisa ser elaborado por todas as áreas da empresa e que é de extrema importância, pois está diretamente ligado ao planejamento estratégico da instituição. Fazer sempre um comparativo de mercado com os concorrentes para saber se a instituição em que ele trabalha está indo melhor ou pior que os concorrentes e principalmente identificar pontos a melhorar. Ter um relacionamento com o mercado de financeiro e de capitais, com a finalidade de captação de recursos financeiros com taxas mais atrativas e principalmente que se encaixam dentro do objetivo da alavancagem, adquirir serviços financeiros mais baratos e de melhor qualidade e sempre ficar atento às oportunidades de fusões e aquisições, assunto que será detalhado em um próximo artigo.

Os cursos de Graduação em Administração, Gestão Financeira e Processos Gerenciais na modalidade presencial da Faculdade FIPECAFI formam profissionais com profundo conhecimento em gestão, contabilidade e finanças. Acesse o site www.fipecafi.org e saiba mais sobre os nossos cursos!

(*) Prof. Estevão Garcia Alexandre – Coordenador dos cursos de graduação em Administração, Gestão Financeira e Processos Gerenciais (Presencial). Formado em Administração de Empresas, com especialização em Controladoria e Finanças pela FAAP, Mestre pela FECAP em Administração com Ênfase em Finanças. Possui mais de 18 anos de experiência de mercado nas áreas administrativa, financeira e mercado de capitais em instituições nacionais e multinacionais de renome no mercado e mais 14 anos de experiência na área educacional no ensino superior como professor e coordenador de cursos superiores na área de negócios.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

Infomoney